Tags

, ,

20200205_130732
“Por onde forem, preguem esta mensagem: ‘O Reino dos céus está próximo’. Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; dêem também de graça.”(Mateus 10.7,8)
A ordem acima foi dada por Jesus a seus discípulos quando ele os enviou a testemunhar entre o seu povo. Dela podemos extrair alguns princípios importantes para que um discípulo cumpra bem a missão que recebeu.
Em primeiro lugar, a missão acontece no caminho por onde passamos. Não fomos enviados a um lugar específico, mas a todos os lugares. Os lares, escolas, empresas, repartições públicas, ruas, praças, todo e qualquer lugar por onde passamos é um lugar de missão.
Em seguida, somos lembrados da mensagem a anunciar: o Reino de Deus. Esse reino agora não está apenas próximo, mas presente na terra através da ação do Espírito Santo que recebemos ao crer em Cristo. O poder do Espírito nos habilita a testemunhar a realidade do Reino.
É preciso demonstrar que o Reino é lugar de cura, renascimento, purificação e libertação. E, para isso, as palavras não são suficientes. Anunciar o Reino de Deus é demonstrá-lo através da prática do amor. É necessário estar perto dos doentes, relacionar-se com os cativos, tocar os impuros, como o próprio Jesus fez e ensinou.
Por isso, estar em missão inclui o desafio não apenas de dar, mas sobretudo de dar-se. Assim como Cristo se deu voluntariamente por nós, oferecendo-se como sacrifício, somos convocados a nos doar sem restrições. De graça recebemos, de graça damos.
Alguém já afirmou que “nunca deu quem deu do seu sem dar de si.” Missões não é apenas contribuir com uma causa. É escolher compartilhar a nova vida que recebemos pela graça divina com aqueles pelos quais passamos todos os dias, em todos os lugares, e que carecem desse maravilhoso amor.
Escolha doar-se. Por onde você passar, deixe que suas ações promovam cura e libertação. Faça isso sem esperar nada em troca. Foi para isso que você foi chamado e enviado. Seja obediente.