Tags

 

Neste novo ano, quero adotar a filosofia do design: “menos é mais”!

menos-e-mais

Menos egoísmo é mais… Mais liberdade, mais alegria, mais sorrisos, mais amigos… Por isso quero doar, ou melhor ainda, doar-me. Doar tempo, energia, atenção… dinheiro, sangue, medula e órgãos. Doar o cabelo, os ouvidos, o ombro… Porque doar-se é descobrir a felicidade de não ser possuído pelo que se possui.

Menos inveja é mais… Mais satisfação, mais tranquilidade, mais foco, mais sucesso…. Por isso não vou comparar-me. A casa, o carro, o emprego, as viagens… O marido, os filhos, os pais, os amigos dos outros são… dos outros! Estou certa que não seria mais feliz se eles fossem meus.

Menos orgulho é mais… Mais aceitação, mais perdão, mais crescimento… Quero arrepender-me mais depressa, voltar atrás sempre que necessário, reconhecer que não tenho respostas, ouvir mais e aprender sempre. Enxergar-me pequena para ser grande.

Menos amargura é mais… Mais amizade, mais vida, mais amor, mais felicidade… Quero perdoar sem demora, enxergar as melhores intenções e concentrar-me no que é bom. Esquecer-me do que machuca e considerar que, afinal, não foi tão sério assim.

Enfim, menos de mim é mais… Mais de Deus, mais de Cristo, mais do Espírito. Mais paz, mais luz, mais graça… Menos eu e mais dEle em mim!