Tags

(Hoje li num outro blog a seguinte frase: “Saudade é o azar de quem teve muita sorte”. Tive que concordar. Cada vez que a ausência dói, o amor partilhado consola e conforta. Só perde quem teve. Tanto amor, tanta saudade…)

amor

“Tento, tanto, tonto… Pois
Há tanto o que ver…
Tanto o que ouvir…
Tanto o que sentir…
Tanto o que ler…
Tanto o que pensar…
Tanto o que aprender…
Tanto o que ensinar…
Tanto o que cuidar…
Tanto o que fazer…
Tanto o que querer…
Tanto o que deixar…
Tanto o que mandar…
Tanto o que cumprir …
Tanto o que pedir…
Tanto o que dar…
Tanto o que esperar…
Tanto o que ser…
Tanto o que esperar…
Há tanto o que tanto mais houver de necessitar…
Sem falar do principal…
Do que é supremo, é vital!
Pois que tanto há do que falar…
Não falei do que pouco é qualquer tanto: Não falei do amar!…”

(Romilton Garcia Brasil)