Jesus, o maior dos improváveis

Tags

, ,

Jesus era um improvável. Primeiro, porque Jesus é Deus. E nunca se ouviu de um Deus que trabalha para os que esperam nele. De um Deus que abre mão da sua glória. Que se entrega por amor. Que morre para que outros possam viver. Era totalmente improvável que Deus se fizesse homem.
Como homem, Jesus também era improvável. Filho de uma virgem, nascido na estrebaria de uma pequena vila, criado longe dos grandes centros por um pai carpinteiro, Jesus não tinha nenhum atrativo externo que demonstrasse seu potencial.
No entanto, submisso ao Pai, Jesus realizou o extraordinário.
Esse é o caminho dos improváveis. Obediência. Submissão. Rendição. Em Deus, faremos proezas!20191031_171433

A poderosa voz do amor

Tags

,

20190803_083201Alguém já disse que o amor ė um verbo. Uma palavra que se basta. Um vocábulo com voz própria. Sim, o amor tem voz. E não é qualquer voz. O som do amor é o som do próprio Deus. Às vezes troveja, às vezes sussurra, porque seu poder não está no volume do som, mas no efeito que produz. É o amor que produz vida, e vida em abundância.
E o que faz a poderosa voz do amor?
Onde há intolerância, ela se levanta a favor dos excluídos. Onde há desesperança, ela produz fé. Onde há impaciência, ela sussura: “devagar…” Onde falta chão, a voz do amor aponta o caminho. Onde há um pavio fumegante, ela é o sopro que o reacende.
A voz do amor ė lágrima junto dos que choram. É bálsamo sobre as feridas.
A voz do amor responde com brandura aos que tentam agredi-la, mas troveja contra os que ferem o próximo. Seu brado denuncia injustiças e destrói mentiras. Cala-se sobre si mesmo, mas ergue-se a favor dos que não têm voz. A voz do amor ė um alarme “anti-mísseis”. Quando a guerra está por perto, ela diz: “deixo-vos a paz.”
Mas nem todos ouvirão a voz do amor. Ela vibra numa frequência específica, num intervalo restrito a ouvidos treinados. Passantes desatentos poderão escutar os trovões, mas não ouvirão os sussurros. A despeito disso, ela soa constantemente, insistentemente, perseverantemente, à procura não apenas de ouvintes atentos, mas principalmente daqueles que a possam fazer ecoar no mundo.

Encontros felizes

Tags

, , ,

Nossa história se parece com a do encontro das águas. Nascemos em terras distantes, percorremos caminhos diferentes, até nos encontrarmos em julho de 1997. Como o Negro e o Solimões, tínhamos cada qual seu próprio ritmo, destino e direção, assim como seu próprio jeito de ser.
Mas tudo mudou quando nossas águas (ou seriam nossas almas?) se tocaram. Foi um belo encontro, mas não foi fácil . O contraste era nítido e levamos algum tempo pra nos misturarmos. Ao longo do percurso, muitas vezes medimos forças, tentando encontrar o melhor jeito de ocupar os espaços. Nesse embate, fomos nos encontrando. Cedendo. Aprendendo. Fundindo nossas histórias. E assim como os dois rios se tornam o caudaloso e fértil Amazonas, onde as águas anteriormente separadas se tornam indistinguíveis, o amor tornou-nos um só. Nessa jornada, nossas margens se alargaram e nosso potencial se multiplicou. Ganhamos um ritmo próprio, novos rumos e a mesma direção: servir Àquele que nos uniu. Lá se vão 22 anos (3 de namoro, 1 de noivado e 18 de casados…) e celebramos nosso encontro todos os dias, trilhando por caminhos nunca antes imaginados. Contornando obstáculos, produzindo vida, suportando tempestades, contemplando belezas e tristezas, carregando em nossas águas um profundo amor a Deus e às pessoas. A Ele, que nos criou, uniu e sustentou até aqui, nossa gratidão e honra, e o desejo sincero de que nossas águas trilhem apenas os caminhos que Ele mesmo planejou. A você, meu amor, todo meu carinho e a esperança de ainda desfrutar por muitos quilômetros o prazer desse encontro feliz!
IMG-20190717-WA0205FB_IMG_1563375188302

Meu presente (no dia dos namorados)

Tags

, ,

20190611_124339Meu presente
(no dia dos namorados..💕)

Meu presente pra você
É viver nosso presente
Das lembranças do passado
Só o que é bom trazer à mente
Não sofrer pelo futuro
Ser mais leve e paciente

Meu presente pra você
É também estar presente
Não só nesses dias contentes
Mas também nas tempestades
Em cada adversidade
E até contra minhas vontades…

E mesmo na correria
Na luta do dia a dia
Meu presente é ser sempre sua
Ainda que às vezes ausente
Distante, no mundo da lua….

E se presentes comprados
Representam muito pouco
Nesse caminho lindo e louco
Que divido com você
Eu me dou a você novamente
Sem fita, laço, embalagem
Sem máscara, sem maquiagem
Bem do jeitinho que eu sou.

Mãe – a dor e a delícia de ser

Tags

, ,

20190510_191621Dizem que ser mãe é padecer no paraíso. O fato é que, para cada grande privilégio, Deus nos dá uma grande responsabilidade. Não consigo pensar em privilégio maior nesta terra do que gerar e cuidar de uma nova vida. Mas não é sem dor que uma mulher enfrenta a maternidade. Coração de mãe sofre.
Sofremos a angústia de não sermos perfeitas, quando desejávamos mesmo nunca errar. Sofremos por nove meses a ansiedade de ver o rostinho de nossa criança. Sofremos o desespero de não saber interpretar porque o nosso filho chora. Sofremos a cada espirro, a cada arranhão, a cada tropeço, a cada galo na testa. Sofremos no primeiro dia de aula, e em todos os outros também. Sofremos porque os filhos crescem rápido demais. Sofremos por não poder controlar o caminho que escolherão. Sofremos pelo medo de perdê-los. Sofremos com suas lágrimas de decepção.
Mas não é só de dor que é feita a vida de uma mãe. O privilégio é tão grande no caminho que qualquer dor torna-se de fato irrelevante à comparação.
Nosso coração se alegra ao ouvir as primeiras batidas, disparadas, do coração da criança que geramos. Ao sentir o primeiro chute na barriga. Ao ver o primeiro piscar de olhos. Não há alegria maior que ver o primeiro sorriso, o primeiro passo, o primeiro “mamãe”. O calor das mãozinhas em nosso rosto, o beijo a qualquer hora e o “você é linda” depois de um dia de muito trabalho. O desenho onde você é a maior do mundo, a primeira, a segunda, a terceira e todas as formaturas, o cartão feito de giz de cera ou o presente comprado com o primeiro salário. Qualquer coisa que nos acene que há um pedaço de nós vivendo fora de nós.
É impossível ser mãe sem sofrer. Mas é possível escolher um cantinho bem no fundo pra guardar as memórias sofridas e dar lugar à esperança, à alegria e ao amor.
Que o nosso coração seja guardado da lamentação, da auto-piedade, da desesperança e do rancor. Que a amargura não encontre espaço. Que a gratidão seja sempre abundante. Se o coração alegre é um bom remédio, que nossa farmacinha esteja sempre abastecida!

Minha oração pelo meu pequeno brilhante

Tags

, ,

20190510_131548

Querido Deus e Pai das luzes,
Eis aqui o meu pequeno diamante.
Sei que foi um presente teu.
Muito obrigada por esse empréstimo precioso. É um privilégio que não sei descrever em palavras!
Ele é teu e mais uma vez quero entregá_lo em tuas mãos. Faço isso porque reconheço que não posso cuidar dele sem ti.
Sei que o criaste para ser um brilhante. Nas minhas mãos, puseste um diamante valioso, e me escolhestes para a tarefa imensa e desafiadora de lapidá-lo. Isso exige de mim coragem e sabedoria. Onde encontrá-las senão em ti? Na tua companhia, prossigo com fé, amor, esperança e alegria.
Peço-te então que continues fazendo-o brilhar.
Que ele não se engane com sua ilusória “luz própria”, mas lembre-se sempre que seu brilho vem de ti.
Que compreenda que o aparar de arestas (e a dor que acompanha o processo) aperfeiçoa teu reflexo nele.
Que ele sempre se volte para ti, que és nossa fonte de luz, e nunca se esconda em meio a escuridão.
Que ele reflita tua bondade, teu amor e tua graça. Que ao vê-lo, outros contemplem tua beleza. Que ao admirá-lo, glorifiquem o teu nome.E, então, cumprindo o propósito para o qual foi criado, ele seja verdadeiramente feliz! Amém!

@brasil_lukinha04 #lucasfaz15 #meubrilhante #obrigadoSenhor

Oração entre lágrimas…

Tags

, ,

Ah, Senhor, ando tão triste…
Não estou triste contigo, tu és minha alegria e esperança…
Nem mesmo ando triste por mim, porque tens me cercado com tua presença e fiel amor…
Mas ando triste com o que vejo ao meu redor…
Tanta gente ferida, gritando por socorro… e tão pouca gente pronta a acudir…
Tanta gente junta e tanta gente só!

Por isso, Senhor, eu te peço, fortalece as minhas mãos e acalma o meu coração…
Eu não quero fechar meus olhos, embora pareça o caminho mais simples…
Mesmo sofrendo, quero enxergar a imensa necessidade do mundo…
Sei que não posso supri-la, mas quero fazer tudo o que posso. Renova as minhas forças enquanto espero em ti.
Dá-me coragem, serenidade e sabedoria.
Ajuda-me a usar plenamente a medida de fé que me deste.

Quem sabe, ao fazer isso, eu inspire alguém a fazê-lo também…
Talvez, ao chorar com os que choram, encontremos juntos o consolo…
E no chão em que derramamos lágrimas, floresça a esperança!

20190428_183902

Não esqueça o principal (uma reflexão sobre I Samuel 4)

Tags

, ,

O texto de I Samuel 4 é uma verdadeira desgraça. Destruição, derrota, fuga, morte, más notícias do início ao fim. Mas há no texto uma outra desgraça, mais sutil, entretanto images (11)não menos lamentável. A desgraça de dar mais importância às coisas que às pessoas.
No v. 13, vemos Eli ansioso pela arca do Senhor. Seus filhos estavam no campo de batalha, mas ele não vigiava pensando neles. Tampouco se assustou com a notícia de sua morte, mas tombou para trás e morreu quando ouviu que a arca tinha sido roubada.
No v.20, a nora de Eli acaba de ter um filho, uma herança preciosa de Deus, e nem faz caso disso. Ao invés de celebrar o que poderia ser um consolo, ela preferiu lamentar a perda da glória de Israel.
A arca da aliança era importante? Sim. Mas não o mais importante, não o principal. O zelo pela arca da aliança devia ser, na verdade, um zelo pela aliança que a arca representava. Mas não foi isso que Eli ensinou ao povo nos quarenta anos em que foi sacerdote. Suas atitudes demonstram o engano do seu coração. Para ele, bastava manter os rituais religiosos e tudo estaria certo. O relacionamento com Deus e com o próximo era uma questão secundária.
Infelizmente, muitas vezes cometemos o mesmo erro. Quantos tem sido oprimidos por sistemas religiosos que valorizam muito seus rituais e tradições, mas desprezam o amor e a misericórdia?
Em Oséias 6.6 Deus adverte seu povo: “Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.” E, por duas vezes, o evangelista Mateus mostra Jesus reforçando o mesmo ensino (Mt.9.13 e 12.7).
Tiago também adverte: ” A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo.” (Tg.1.27)
A igreja precisa andar na contramão do mundo que usa as pessoas e valoriza as coisas. Que nosso zelo religioso seja focado naquilo que é o principal: o Amor a Deus e ao próximo.

Confesso (poema da Luiza, desenho do Lucas)

Tags

, , , ,

abraço lucas

Confesso que não é fácil

Ficar longe de você

Confesso que é difícil

te descrever

 

Confesso que te acho linda

Até quando briga comigo

Confesso que seu abraço

É o melhor abrigo.

 

Confesso que eu tento

Ser melhor, ajudar

Confesso que ao seu lado

É o melhor lugar.

 

Agora o mais importante

que vim lhe confessar

Confesso que te amo

E pra sempre vou te amar!

 

( Meu presente de aniversário em setembro de 2018)

Ela não é bonita só por fora

Tags

, , ,

Eu a vejo rodeada de amigos
Empenhada em que ninguém fique de fora
Espalhando tanta paz com seu sorriso…
Ela não é bonita só por fora!

Ela diz que hoje é o melhor dia da vida
E curte ser feliz aqui e agora
É intensa como o sol do meio-dia…
Ela não é bonita só por fora!

Ela sabe que não dá pra ser perfeita
Mas que quem se arrepende só melhora
Receber e dar perdão não é problema…
Ela não é bonita só por fora!

É bela pois divide o que possui
E não sofre com o que deixa ir embora
Quer o mundo tão feliz como ela é…
Ela não é bonita só por fora!

E cada vez que ela se enrosca no meu colo
Ou quando diz que ama toda hora
Meu coração agradece ao constatar…
Ela não é bonita só por fora!20190121_205959